quinta-feira, 27 de julho de 2017

População teme que doente mental coloque veneno em estação de tratamento dágua, em Nova Olinda.

(Tampa da caixa de cloro foi aberta)
A população de Nova Olinda, localizada na região do Vale do Piancó, vive um verdadeiro clima de medo, com a ameaça de um possível envenenamento da água do reservatório que abastece toda a Zona Urbana do município.
Segundo relatos de moradores da cidade, nos últimos dias, um popular que mora em uma casa de propriedade do Governo do Estado, situada na Parede do Açude, vem causando vários prejuízos ao Terminal de Tratamento de Nova Olinda, visto que, o possível “doente mental”, vem danificando e comprometendo a estrutura, a exemplo de ser acusado de jogar restos mortais de animais de pequeno porte, dentro da caixa de cloro, quebrar a tampa de vedação da principal caixa dágua da estação, e agora, destruir o painel eletrônico que é responsável para ligar os equipamentos.
(Painel eletrônico foi destruído)
Em decorrência das frequentes ameaças e constantes serviços de manutenção dos maquinários da Cagepa, o fornecimento foi interrompido desde o último domingo, dia 23 de julho, causando prejuízos incalculáveis a população.
Em nota, o escritório da Cagepa local, através da Gerência Regional das Espinharas, comunicou à população que o abastecimento da cidade ainda não foi regularizado, em decorrência de ações de vandalismos, praticados na captação da água. Segundo a nota, os fatos criminosos já foram comunicados as autoridades policiais, para que sejam tomadas as providencias.
(Bode morto é jogado dentro de local isolado de tratamento)
De acordo com um comerciante da cidade, que não quis ter sua identidade revelada, há rumores na cidade, que o suposto homem teria feito ameaças de envenenar as águas da Estação de Tratamento, fato este que está “tirando o sono”, de grande parte da população usuária das águas do reservatório.
O Delegado Regional da Polícia Civil, Glauber Fontes, disse que será instaurada uma investigação no intuito de apurar o caso e caráter de urgência.
(Nota da Cagepa)
Fonte Diamante Online com Gilberto Ângelo
Brasil
Paraíba
Deixe seu Comentário

0 comentários: