quinta-feira, 30 de novembro de 2017

delegado revela que esposo de secretária de saúde encomendou a morte de servidor do SAMU em Sousa.


  • Funcionário.jpg

O delegado seccional Sylvio Rabello prestou entrevista ao Diário do Sertão e falou sobre a “Operação Mordaça” realizada na manhã desta quarta-feira (29) e resultou na prisão de sete pessoas envolvidas na tentativa de homicídio contra o Servidor do SAMU de Sousa, Gervásio Bernardo ocorrido no no dia 20 de setembro deste ano quando a vítima estava chegando em casa.
A ação foi deflagrada com o nome de Operação Mordaça, pelo fato da Polícia Civil suspeitar que a tentativa de homicídio teve o objetivo de intimidar o funcionário, pelas denúncias feitas. Entre as irregularidades, o funcionário denunciou perseguição aos servidores e corte nos salários.
Entre os presos, está Rommel Dantas, que é esposo da secretária de saúde do município de Sousa, Amanda Silveira. Segundo o delegado, Rommel é o principal suspeito de ter encomendado o crime.
“O servidor Gervásio nasceu de novo porque a arma usada no crime falhou. Um dia antes desse fato, Rommel foi visto no Rancho um dia antes do crime efetuando o pagamento a um cigano, além de ter feito ameaças à vítima”, disse o delegado.
Na casa de Rommel, a polícia ainda encontrou uma arma de fogo. Durante a ação policial também foram apreendidas duas pistolas, dois revólveres, uma espingarda cal. 12 , e duas cal. 44 além de grande quantidade de munições.
Outro lado

O advogado João Estrela, que faz a defesa de Rommel Dantas, está colhendo todas as informações para se pronunciar à imprensa.

O caso

O condutor-socorrista do SAMU, Gervásio Bernardo foi agredido a pauladas e sofreu um tiro na perna direita no inicio da tarde desta quarta-feira (20) quando chegava em sua residência que fica localizada no Loteamento Luar Pinto Gadelha na cidade de Sousa, sertão do estado.


Fonte - Diáro do Sertão  


Veja o vídeo:




Brasil
Paraíba
Deixe seu Comentário

0 comentários: