sábado, 3 de fevereiro de 2018

Moradores de Olho D`água cobram do gestor a liberação para construção de moradias.

Os moradores de Olho D`água que receberam as doações dos terrenos na gestão passado estão reclamando do prefeito atual pelo fato do mesmo não ter permitido ainda liberação do alvará para que as pessoas possam começar e dar continuidade a construção das suas casas, muitos já foram atrás de informações sobre o motivo de não ter sido solucionado esse problema que após 1 ano foram impedidos de dar continuidade nas construções já que segundo informações não precisaria desse período todo para poder liberara os alvarás de construção.

Algumas pessoas informaram que entraram em contato com os representantes da prefeitura e até mesmo com o próprio gestor, mas tiveram apenas como resposta que a liberação dependia de uma nova lei que seria enviada  para Câmara de Vereadores e só depois de ser aprovado o novo projeto é que seria possível a liberação dos alvarás, uma das pessoas contempladas com um terreno, relatou que já existe uma lei que foi votada e aprovada pelos vereadores e que não existiria nenhuma liminar que proibisse as construções, para ele essa nova lei seria apenas uma estratégia para tomar mais tempo fazendo com que as pessoas não prosseguissem com suas construções.


Devido todo esse tempo sem solução muitas especulações surgem e uma delas é que o próprio gestor disse que já havia enviado esse novo projeto para ser aprovado desde o final do ano de 2017 e que estava dependendo apenas do poder legislativo para solucionar o problema. Muitas pessoas estão precisando dessa liberação para poderem seguir suas vidas com o direito de moradia adquirido pela lei, deixando essa frustração que perturba a vida de quem recebeu de forma legal essa doação do terreno para poder construir com muito esforço sua casa e pelo menos diminuir um pouco da crise que estão enfrentando no país que tão grande é, mas ainda possui muitas desigualdades sociais.







   

OlhoD`águaNotíciasPB
Brasil
Paraíba
Deixe seu Comentário

Um comentário: