sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Presidente da AESA diz que o problema hídrico em Patos se resolve com a conclusão da adutora Coremas-Pombal.

  • João-Fernandes-2.jpg

Aconteceu nessa quarta-feira, 31, no auditório da Associação Comercial de Patos, uma reunião envolvendo a participação de vários representantes de órgãos estaduais e federais ligados à questão das águas. O encontro também contou com várias lideranças locais que estão preocupadas com a escassez do líquido precioso na região de Patos.
Quem também participou da reunião, foi o presidente da AESA, João Fernandes, que aproveitou o momento com a imprensa para dizer que o problema existe e que algumas providências estão encaminhadas, a exemplo da transposição do Rio São Francisco.  
E pontuou:
- É uma obra que só não está construída devido a um problema com uma empresa construtora, que atrapalhou todo o processo de conclusão. Neste momento a empresa já está contratada e o governo está retomando a obra.
Sobre outras questões colocadas na reunião, como a escassez hídrica da cidade de Patos, ele disse          que a solução mais rápida seria consolidar a adutora do município de Coremas até o município de Pombal.
E explicou:
- Ela passando em São Bentinho, lá possui a captação para a adutora de Coremas – Sabugi, que como todos já sabem, atende ao município de Patos.
Saiba mais detalhes ouvindo a entrevista que segue:

Matéria por Patosonline.com
Áudio - Adilton Dias (colaborador)
Brasil
Paraíba
Deixe seu Comentário

0 comentários: