quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Réu acusado de matar garoto de 14 anos em Itaporanga é condenado pelo júri


 


O Tribunal do Júri da comarca de Itaporanga julgou nessa terça-feira, 20, o réu Lucas de Araújo Lucena, conhecido como Bodão, que foi condenado a 16 anos de reclusão por homicídio e vai continuar recolhido à cadeia local.

Ele foi acusado e sentenciado pela morte de um adolescente, Nathan Nogueira da Silva, então com 14 anos. O assassinato a tiros ocorreu em fevereiro de 2017, nas margens do rio Piancó, entre a cidade e o conjunto Chagas Soares.

 

(Imagem da vítima)

A sessão do júri foi presidida pela juíza Hyanara Torres, enquanto quem autuou na acusação foi o promotor Reynaldo Filho. Já nesta quarta-feira, 21, vai a júri Cícero Pereira da Silva, conhecido como Cigano, que também é réu preso. Ele é acusado de matar a facadas Roberval Pereira da Silva, então com 37 anos, em um barraco na Rua João Firmino Gomes, centro de Itaporanga, em novembro de 2016

Fonte Folha do Vale

Brasil
Paraíba
Deixe seu Comentário

0 comentários: