domingo, 14 de abril de 2019

Em Olho D`água sessão ocorre com acusações polêmicas




Ao iniciar a sessão os vereadores prestaram sua solidariedade pelo o falecimento da senhora Rita Leite no dia 08 de abril, a senhora Rita Leite mãe do ex-vereador Zé Barreto. Seguindo os trabalhos o vereador Weslley Carvalho fez um requerimento solicitando cópia da relação dos beneficiados do programa Bolsa Assistencial referente aos meses de janeiro a dezembro de 2017, janeiro a dezembro de 2018, janeiro, fevereiro e março de 2019. Weslley solicitou do poder executivo através do requerimento N°33/2019 que seja feita a rede de esgoto da Rua Enedino Carvalho Câmara. O vereador Junior Carvalho fez um requerimento solicitando do Governador do Estado da Paraíba, o recapeamento asfáltico e a sinalização viária da Avenida João Minervino de Carvalho e demais ruas do entorno central da cidade. O vereador Weslley fez ainda outro requerimento sendo este na forma verbal, solicitando do poder executivo, uma máquina para que possam ser feitas melhorias já que as mesmas se encontram com valas abertas devido às chuvas.

O vereador Mano fez o uso da tribuna e na oportunidade fez uma série de questionamentos seguidos de acusações, Mano se dirigiu ao vereador Weslley dizendo que o mesmo só agora começa enxergar, mas que não observava que na antiga gestão sua irmã (Camila) ganhava sem trabalhar. Manoel Laurindo citou outros nomes que segundo ele recebiam salários sem exercer função, dentro dessas acusações Mano citou os nomes de Maria Aparecida Rodrigues (diretora na Barrenta), Luzia Gonçalves Leite Neta Bezerra (irmã do vereador João de Zé de Chico), Luana Rufino de Araújo (esposa de cici de Zé Inácio), José Gutemberg Lopes de Almeida (funcionário da CAGEPA), Thaisy Cristina Dantas Ferreira (esposa do ex-vereador Junior Sabino), Maria Aparecida Bezerra de Melo Batista (esposa do vereador João de Zé de Chico) e ainda tinha um veículo modelo amarok que era locado para o prefeito, que na época era Dr. Chico Carvalho, a locação do veículo era no valor de 7.950,00 reais (sete mil novecentos e cinquenta reais), todos esses nomes o vereador disse ter encontrado no site do sagres. O vereador Mano pediu mais trabalho por parte dos vereadores da oposição que segundo Mano, os vereadores oposicionistas só sabem criticar e não apresentam propostas para melhorias do povo, na oportunidade Mano se dirigiu ao vereador Chico Furtado e disse que sua posição é ser a favor do povo e afirmou ser pré candidato a prefeito nas próximas eleições fazendo um convite a Chico Furtado para compor sua chapa como vice candidato a prefeito em 2020.

O vereador Chico Furtado em sua fala disse que foi ao posto de saúde, pois foi procurado pela população, para saber se tinha remédios na farmácia do município, foi recebido, mas não mostraram nada absoluto do que eles estavam procurando, falou ainda que não era necessário fazer requerimento para poder vereadores fiscalizar as repartições públicas do município, explicou em palavras a forma que ele acha que deveria ser feito o atendimento aos vereadores, o vereador falou ainda de problemas que vem ocorrendo no município e disse que ajuda a população que procura Chico Furtado sem saber em quem votou, porque ele faria por amor e não ajudaria por questão de poder.        

O vereador Weslley Carvalho no uso da tribuna fez reclamações na área da saúde citando como exemplos um fato ocorrido em que ele teria chegado ao posto médico acompanhado de uma senhora que reside no município e quando tinha procurado pelo médico a enfermeira teria informado ao vereador que não tinha, ainda citou que a ambulância do município estava prestando serviço ao município de Piancó e falou que era ao Hospital Regional de Piancó. O vereador Weslley Carvalho falou que estava acontecendo uma investigação do Gaeco e o prefeito já havia sido intimado, falou ainda que o município teria mais de 11 pessoas investigadas e se encontrava no site do MP, o vereador Weslley Carvalho disse ter sido ele próprio quem fez a denúncia, falou que tem outra denúncia feita por ele onde constavam vários servidores do município que recebe salario da prefeitura como um procurador que recebe 4.500 reais que se quer assinou um processo e disse que isso seria um roubo, e isso seria lapidar o patrimônio ou ainda se usurpar do poder para ter o benefício próprio, falou ainda da saúde que tinha muita coisa que teria que ser feito e falou que muitos dos agentes de saúde não cumpriam o seu dever e chegou a pedir uma relação dos agentes de saúde, pois teria agentes de saúde que recebe em casa, pediu a secretária de saúde e até hoje não tinha recebido a relação que teria feito por oficio, o vereador ainda falou de outras polêmicas e problemas envolvendo tanto a saúde como o transporte escolar.  

Para finalizar o presidente da câmara Zezinho Simoa colocou em discursão e votação os requerimentos feitos pelos vereadores aos quais foram aprovados por unanimidade dos presentes.







                                                         OlhoD`águaNotíciasPB
Brasil
Paraíba
Deixe seu Comentário

0 comentários: